Em tempo de constante transformação digital, confiar e ser guiado por informações estratégicas é essencial em qualquer decisão corporativa. Por isso, investir em análise de dados e data driven se tornou uma questão de sobrevivência e enorme diferencial competitivo para o seu negócio.

Quer saber mais sobre o assunto? Confira o nosso artigo e descubra como essas novas tecnologias de mensuração e análise de dados podem contribuir para o desenvolvimento da sua marca.

O que é data driven?

O data driven é uma cultura empresarial que consiste na orientação total das decisões em dados. Ou seja, todos os processos e métricas de uma empresa são embasados e organizados a partir da coleta e análise de informações reais e não mais em intuito, instinto ou “achismos”.

Ao adotar o sistema de data driven, uma empresa passa a contar com um alto nível do uso de dados em todo o seu ambiente organizacional. Dessa forma, a constante análise de dados contribui para o uso de informações bem consolidadas que vão nortear toda e qualquer tomada de decisão.

No marketing digital convencional, as análises, chamadas diagnósticas, buscam avaliar o impacto que uma determinada campanha causou após a execução da ação, a partir da análise dos dados do passado. Já o Data-Driven Marketing também engloba as análises preditivas, que são orientadas a dados internos e externos com o objetivo de prever cenários futuros, gerar novas ideias e tomar decisões.

Como a análise de dados e data driven pode beneficiar a sua empresa?

Muito mais do que uma simples abordagem tecnológica, o data driven é uma cultura com potencial para transformar o modelo de negócio da sua empresa, atingindo diretamente o mindset dos gestores, orientando suas decisões estratégicas, evitando erros e otimizando os recursos em ações que apresentem resultados realmente satisfatórios.

Isso porque o uso do data driven associado à análise de dados pode ser fundamental para aprimorar a força comercial das empresas, aumentando as taxas de sucesso em suas ações, e consequentemente gerar maior conhecimento sobre cada processo do seu negócio.

Dentre os benefícios percebidos pela implantação desse modelo de negócios, também podemos listar a integração dos produtos às necessidades reais dos seus clientes, customização dos processos de produção e utilização de dados como uma poderosa fonte de receita por meio do engajamento de um determinado público-alvo.

Além disso, também podemos destacar a redefinição de seu escopo de atuação que possibilite desenvolver novas frentes para explorar seus negócios, o desenvolvimento de produtos para venda como serviço, a utilização de seus dados como fonte de receita para disponibilizar informações a seus clientes e reposicionamento dos produtos como aplicativos.

Consequentemente, tomar decisões estratégicas baseadas em dados concretos poderá implicar um crescimento financeiro como um todo, ganhando força de mercado e garantindo a satisfação dos clientes e colaboradores.

No campo do marketing, a possibilidade de calcular o ROI de maneira ainda mais eficiente é apenas um dos benefícios oferecidos. Afinal, ainda é possível desenvolver ações com modelagens preditivas a partir de ferramentas de inteligência artificial, como machine learning, obtendo resultados ainda mais assertivos em uma campanha.

De que forma a cultura do data driven pode ser implantada?

Embora a sua aplicação mais comum seja no marketing, administração e gestão de riscos, o data driven pode ser adotado em qualquer setor da sua empresa. Para isso, o primeiro passo necessário é entender e adaptar os seus processos a essa nova realidade do seu negócio, agora totalmente guiada pela análise de dados.

Ferramentas populares e gratuitas como Google Analytics possibilitam a coleta de uma grande quantidade de dados e, quando usados de maneira adequada, associados a outras fontes de dados, podem representar os movimentos iniciais da sua empresa rumo a uma cultura completa de data driven.

Mas é importante ter em mente que, muito mais do que coletar informações aleatórias, é preciso definir métricas e KPIs que sejam relevantes para o seu negócio. Ou seja, que informem dados claros e objetivos, capazes de impactar no resultado final das suas ações.

Além disso, você vai precisar contar com o suporte de um profissional que tenha capacidade analítica e experiência na interpretação de dados. Afinal, de nada adianta investir em uma tecnologia se ninguém souber operá-la.

Segundo estudo realizados pelo Google, esse modelo é estruturada em 5 pilares básicos, que conduzem todas as suas ações.

Pessoas

Embora tenha a tecnologia como o seu motor principal, o data driven exige o esforço de profissionais específicos, que sejam capacitados e tenham a experiência necessária para contribuir na transformação de algoritmos em dados com significado.

Processos

Ao apostar na cultura data driven, as empresas precisam modificar os seus processos e operações cotidianas. Os dados deixam de ficar isolados ou restritos a apenas uma área da empresa e passam a ser ferramenta de trabalho de todos os colaboradores.

Assets

Os assets se referem às propriedades digitais de uma empresa. Ou seja, ele está relacionado a toda estrutura que o seu negócio precisa para se manter ativo e ser eficiente em diferentes plataformas, como por exemplo a velocidade móvel do seu site, navegabilidade das páginas, potência do servidor, etc.

Dados

Ao trabalhar com dados, as empresas precisam investir em uma política transparente, segura e responsável para a coleta e armazenamento de informações sobre os seus clientes.

Tecnologia

Por último, mas não menos importante, a tecnologia é o principal motor capaz de potencializar uma cultura de data driven. Afinal, a análise de dados só é possível se você contar com as ferramentas certas que permitam a coleta e conversão dessas informações.

Como o mercado vem se adaptando a essa nova realidade?

Embora a análise de dados e data driven ainda seja pouco utilizada na maioria das empresas, o número de gestores preocupados e interessados nessa nova realidade do mercado é cada vez maior. Segundo especialistas na área, a tendência é que nos próximos anos nenhum negócio sobreviva por muito tempo sem o uso correto de informações.

O número de fontes de dados e ferramentas específicas para a sua análise é crescente. Algumas empresas já estão sofisticando suas análises e, como consequência, alcançando uma melhora significativa na performance geral do seu negócio.

Além disso, é a cada dia mais normal encontrar empresas que já nascem digitais e inseridas em um contexto de data driven. Exemplos disso são o Uber e o Waze, que usam dados de mapas e localização do usuário como o seu principal motor de funcionamento e diferencial competitivo.

A Amazon é outra empresa que também se destaca na coleta, armazenamento, processamento e análise de informações sobre os seus clientes. A partir do cruzamento de dados sobre os consumidores, a empresa cria estratégias de marketing para aumentar a satisfação do cliente e fidelizá-lo. Além de antecipar os produtos com grandes chances de serem comprados por determinado usuário, ela utiliza o marketing por dados para gerenciar os preços e atrair mais clientes.

Agência de Live Marketing especializada em incentivos e brand experience, a Mark Up tem se destacado em seu mercado ao buscar soluções eficientes na geração de dados relevantes. O uso de diversas bases de informações tem sido essencial para gerar análises sofisticadas, embasar a tomada de decisões e potencializar o resultado dos seus clientes.

Preocupada em oferecer soluções baseadas em análises, que permitam uma tomada de decisão ainda mais acertada e eficiente, a Mark Up investiu em uma fábrica de softwares com programadores especializados em uma área de CRM, aumentando seu parque de BI, com pessoas que vão desde analistas a cientistas de dados. Também criou a área de inteligência que integra uma equipe multidisciplinar e repensou todos os processos para otimizar a performance e melhorar a qualidade dos dados.

Como você pode perceber, quando usados da maneira adequada, os dados oferecem um enorme diferencial competitivo para o seu negócio, além de potencializarem o resultado das suas ações.

Ainda tem dúvidas sobre o assunto? Entre em contato com a gente e conheça as melhores possibilidades de análise de dados e data driven para o programa de incentivo da sua empresa.

Autor

Escreva um comentário

Share This