O consumidor mudou. Com o surgimento de novas tecnologias e formatos de interação, as pessoas passaram a desejar conteúdos diferenciados, que tenham grande poder de despertar interesse. Diante desse cenário, a gamificação como ação de marketing, embora esteja por aí já há algum tempo, ainda é considerada uma tendência e tem sido cada vez mais usada entre as grandes empresas para atrair e entreter o seu público-alvo.

Pensando nisso, desenvolvemos este artigo explicando como a gamificação pode ser uma poderosa estratégia para aumentar o engajamento e os resultados das suas campanhas de marketing e apresentando os principais cases de sucesso do mercado. Continue a leitura deste post e saiba mais sobre o assunto!

O que é gamificação?

“Os videogames são nossa nova barreira digital e o novo grande ambiente a ser explorado pelas marcas.” Enor Payano, VP Internet Media Services (IMS) America Latina.

Gamificação (do inglês gamification) é a estratégia de utilizar a mecânica de jogos em diversas áreas, como negócios, saúde, educação, vida social e no marketing para treinar equipes, divulgar marcas, produtos e serviços.

A ideia por trás desse conceito é manter o usuário entretido e focado em um determinado assunto, potencializando o seu engajamento. Na prática, isso significa oferecer prêmios, recompensas e placares que ajudem a reforcem um comportamento positivo do usuário, oferecendo a sensação de conquista.

Também conhecida como advergame, esta estratégia se popularizou rapidamente entre as empresas, atraindo o público a partir de uma perspectiva diferenciada, lúdica e dinâmica, proporcionando experiências interativas que se assemelham aos jogos de videogames.

Quem é o gamer de hoje?

A região latino-americana engloba hoje mais de 190 milhões de gamers. Segundo apresentado no IMS Immersion – Edição Gaming, o perfil do gamer brasileiro mudou muito de 10 anos para cá.

Hoje, o público feminino já é maioria, sendo 52,6% mulheres, enquanto 47,4% são homens. Além disso, a média de dispositivos já é de 2,6 para os jogadores brasileiros, de acordo com estudos do instituto de pesquisa NPD e da ESPM.

Embora a maioria desse público esteja concentrada na faixa etária de 25 a 34 anos (34,8%), e a segunda maior representatividade esteja entre 16 e 24 anos (31,5%), existe uma grande parcela (27,2%) desse público na faixa de 35 até 54 anos.

Como as empresas utilizam a gamificação?

De acordo com o especialista Yu-kai Chou, empresário e pioneiro na gamificação, alguns padrões se criaram na forma de utilização dos games de acordo com o tamanho das empresas:

“Clientes menores normalmente optam pela a gamificação do produto. Esse processo tem a ver com a criação de um produto vencedor que proporciona uma experiência bastante viciante, onde os jogadores naturalmente querem continuar jogando.

As empresas de médio porte têm objetivos diferentes: atrair potenciais novos clientes dentro de um segmento de mercado-alvo e envolvê-los ativamente com suas marcas e produtos.

Já as grandes empresas geralmente utilizam a gamificação para o local de trabalho. Sua motivação é muitas vezes treinar funcionários de uma maneira que pareça mais lúdica e envolvente e com o objetivo de cultivar um senso maior de solidariedade dentro da equipe interna.”

Gamificação em eventos

O uso de games em eventos e demais ações de live marketing tem sido uma das principais apostas nos últimos anos. Ao unir essas duas estratégias é possível estimular o engajamento, além de estreitar relacionamentos entre os participantes e as marcas, como fez a mobLee no RD Summit.

Além disso, esse tipo de ação integrada aumenta o envolvimento dos participantes, potencializa a divulgação de determinada marca e pode, inclusive, aumentar o ROI das suas campanhas de live marketing.

Quais são os cases de sucesso que utilizaram a gamificação?

Como é preciso muito mais do que teoria para garantir bons resultados em uma estratégia de gamificação, apresentamos alguns exemplos de como as grandes empresas têm obtido sucesso com essa estratégia. Confira!

Nike

Principal líder do segmento esportivo no mundo, a Nike sempre inova nas suas campanhas e ações publicitárias — e isso não seria diferente com a gamificação. Nos últimos anos, a marca construiu a Nike Plus, plataforma que busca envolver os consumidores no universo esportivo e elevar o nível dos treinos a partir do monitoramento de atividades, programas de incentivo e descontos exclusivos.

Starbucks

Sempre preocupada com a experiência dos seus clientes, a Starbucks investiu no “My Reward” (ou “Minha Recompensa Starbucks”, em português). Desenvolvido a partir de táticas de gamificação, esse aplicativo busca engajar o público e aumentar as vendas a partir de um programa de fidelidade.

A cada produto consumido na loja, os usuários acumulam estrelas no jogo, que pode gerar recompensas exclusivas para os clientes mais frequentes. O programa já totalizou uma média de 4,5 milhões de usuários ativos e rendeu uma média de US$ 3 bilhões em vendas por ano.

Heineken

Famosa por suas ações inusitadas e experiências de marca altamente envolventes, a Heineken usou a gamificação para engajar os fãs de futebol durante a Liga dos Campeões e aumentar a conscientização sobre a empresa no mercado esportivo.

Batizado de Jogo de Estrelas, o game é acessado por meio do aplicativo da Heineken. Durante as partidas da Liga, os usuários respondem a perguntas específicas sobre o jogo e acumulam pontos na plataforma.

Domino’s

Um dos fatores que faz os games serem tão viciantes é a aleatoriedade dos resultados. Pensando nisso, a Domino’s criou um funcionalidade em seu aplicativo para proporcionar uma experiência ainda mais interessante para os seus consumidores indecisos. Basta agitar o seu telefone que o programa escolhe a cobertura da pizza para você.

Dropbox

Embora não siga a mesma linha de entretenimento das outras marcas, a Dropbox criou uma ação com games que é bem efetiva no seu objetivo. Para que os usuários tenham acesso a mais espaço de armazenamento em nuvem, é preciso cumprir tarefas específicas — como a indicação de serviços, sincronização de dispositivos etc —, que divulgam os serviços [M1] e ajudam a aproximar o público da empresa.

Como implantar essa estratégia na sua empresa?

Como em qualquer outra estratégia de comunicação, a gamificação das ações de marketing da sua empresa precisa ser planejada e elaborada de acordo com as metas e os objetivos a serem atingidos, além de levar sempre em consideração o perfil do negócio e do público a quem se destina.

A experiência do usuário deve ser sempre a prioridade de qualquer projeto que a sua equipe desenvolver. Para produzir algo que seja atrativo e relevante para o seu consumidor, é preciso identificar com quem se quer falar.

Um conteúdo gamificado é realmente interessante para o seu público? Essas pessoas têm tempo para realizar jogos ou desafios? Lembre-se que as suas estratégias devem ser adaptadas ao comportamento do seu público. Entender os hábitos da sua persona é essencial para identificar os melhores caminhos a serem seguidos.

Passo a passo

O projeto de gamificação no marketing envolve diferentes etapas, como a definição dos objetivos, das ferramentas e dos recursos que serão necessários para desenvolver e implantar as ações. Além disso, é preciso criar um sistema inteligente para registrar os feedbacks e mensurar os resultados obtidos.

Quando falamos em advergames, é possível fazer a inserção de três maneiras:

  • promoção visual e associação de marcas;

  • ações ilustrativas;

  • interação dos usuários com o game — como é feito em jogos educativos e nas modalidades de educação a distância.

O resultado de todo esse esforço? Uma campanha capaz de engajar, gerar visibilidade de marca, aumentar as vendas e fidelizar os consumidores com os produtos e/ou serviços ofertados pela sua empresa. Tudo com muito entretenimento.

A gamificação, seja ela no marketing ou nos mais variados segmentos do universo corporativo, está entre os assuntos mais relevantes nas feiras de games ao redor do mundo, o que comprova o seu enorme potencial de crescimento para os próximos anos.

Quer saber mais sobre gamificação no marketing? Assine a nossa newsletter e receba todas as novidades e os conteúdos exclusivos de tecnologia aplicada à comunicação diretamente no seu e-mail!

Autor

Escreva um comentário

Share This