A crise econômica no Brasil é constante. Apesar de ter momentos menos duros, ela influencia diretamente no poder de compra do consumidor e exige que muitos hábitos e preferências sejam reajustados constantemente, conforme as suas oscilações. Afinal, sem emprego ou com um salário menor, é quase impossível sustentar certos costumes na rotina diária.

As empresas precisam ficar atentas a isso: superar essas mudanças e quedas no fluxo de vendas não é tarefa fácil. Apesar de toda essa transformação, os consumidores buscam se adaptar à sua nova realidade e esperam que o mercado esteja preparado para atendê-los. Eles não deixarão de comprar, mas agora possuem um foco mais específico para suprir por completo suas necessidades.

Então, como se posicionar com efetividade diante disso? Por mais que seja complicado, existem algumas saídas interessantes que levam a essa finalidade. Neste artigo, você confere algumas dicas que podem ajudar o seu negócio nesse momento tão importante de adaptação.

Estude bem o nicho de atuação

Conhecer seu segmento é uma iniciativa importante para que qualquer empresa sobreviva no mercado. Mas para superar quedas do poder de compra do cliente é preciso ir além. Então, procure estudar muito bem seu nicho de atuação para entender o momento em que ele se encontra. Descubra o que mudou no comportamento de seu cliente e o que você pode oferecer de melhor para deixá-lo sempre satisfeito.

Com toda certeza, você tem diferenciais competitivos que colocam seu negócio na frente da concorrência. Sendo assim, analise as tendências do mercado, molde seu diferencial para que ele fique mais aderente à situação e procure novas maneiras de reter seus consumidores e atrair novos, com base nisso. Assim, ficará mais fácil manter interessados sem perder qualidade.

Realize parcerias e se aproxime da concorrência

Nada de enxergar a concorrência como inimiga. Agora, é hora de manter a postura, estabelecer bons contatos e mostrar que essa relação pode, sim, ser muito saudável. Monte documentações com propostas, escolha concorrentes de destaque em sua área e tente ao máximo realizar parcerias sólidas. Essa é uma maneira de fortificar as estruturas de seu negócio e ainda beneficiar seu cliente.

Lembre-se que seu consumidor é exigente e nem sempre consegue se adaptar a todo tipo de serviço ou produto. Então, é fundamental que as empresas encontrem um equilíbrio, para que ele tenha mais opções e para que elas consigam crescer com isso. Por meio dessas parcerias, é possível ampliar a visão de mercado e até mesmo criar soluções inovadoras, que aumentem os lucros para ambas as partes envolvidas no processo.

Aposte em ações de pós-vendas

É importante lembrar que a conversão de vendas não é finalizada quando a compra acontece. A aquisição, na verdade, é a primeira etapa de todo um longo processo de fidelização e satisfação. Por isso, é fundamental apostar no pós-vendas para sustentar um relacionamento duradouro com o cliente, para que ele permaneça ao seu lado mesmo diante de tanta turbulência.

De acordo com seu perfil de público, procure estabelecer ações que possam ser eficientes. Descontos exclusivos e condições melhores de pagamento são alguns exemplos que podem dar certo. Não se esqueça, porém, de avaliar seu posicionamento e se as ações definidas realmente estão adequadas ao momento. Do contrário, elas talvez prejudiquem os seus processos internos e até mesmo o seu controle financeiro.

Ofereça um atendimento personalizado ao cliente

É sempre bom ter em mente que o consumidor está cada vez mais informado. Com tantos meios de comunicação e dispositivos móveis em cena, ele sabe muito bem o que quer e preza muito pela exclusividade. Isso significa que espera que seus desejos, necessidades e preferências estejam sempre presentes naquilo que compra, seja produto ou serviço.

A partir disso, oferecer um atendimento personalizado ao cliente pode ser uma maneira excelente de se manter firme em tempos de crise. Tenha sempre um histórico de vendas de seus clientes e entre em contato para saber se ele está precisando de algo que você pode oferecer, se aprofunde no conhecimento de seu público para entender como direcionar seu atendimento e, aos consumidores mais antigos ou especiais, proporcione benefícios diferenciados.

Converse com seu consumidor final e incentive o feedback

Para saber se todas essas estratégias estão funcionando e manter resultados sempre em alta, é essencial identificar o que seu consumidor final pensa. Então, não tenha medo de conversar com ele e descobrir exatamente qual é sua opinião. Não se feche para críticas, pois elas serão peças-chave nessa trajetória de adaptação. Anote também todas as sugestões, para transformar as mais pedidas em ações efetivas.

Essa é uma excelente forma de se aproximar do cliente e ficar mais entrosado com a realidade em que ele vive. Quanto mais você souber e entender do que ele precisa, mais conseguirá oferecer. E, de quebra, terá muitas novas ideias para ampliar as vendas e deixar os produtos e serviços ainda melhores. Se possível, mantenha um registro dessas opiniões e, ao longo do tempo, trace um comparativo para atestar sua evolução.

Seja flexível sempre que puder

De fato, a queda do poder de compra do consumidor exige que as empresas sejam mais flexíveis. Nesse contexto não há espaço para operações engessadas, porque o consumidor deseja realizar a compra exatamente do jeito que prefere (ou pode). É claro que regras e imposições são necessárias, mas é totalmente possível harmonizá-las com o que é esperado pelo seu público.

Se ele se sente à vontade para comprar com você, pode apostar que ele voltará muitas outras vezes. E, no fim das contas, é isso o que todos querem, não é verdade? Então, não perca tempo em se mostrar aberto para essas permissões, estabeleça limites acessíveis e prepare-se para receber um retorno bastante positivo.

E então, consegue visualizar todas essas maneiras de superar quedas do poder de compra do consumidor? Se ainda tiver dificuldades com isso ou mesmo em colocar todas essas dicas em prática, não se preocupe.

A Mark Up está aqui para ajudar! Entre em contato conosco por meio deste formulário ou, se preferir, consulte nosso telefone. Será um prazer atender você!

Autor

Escreva um comentário

Share This